Como Aprender a Estudar para Concursos

Aprender a Estudar para Concursos

como-estudar-para-concursos

Organização dos estudos

Existem alunos extremamente organizados que mantêm uma agenda de estudos, de acordo com seus horários vagos, dia após dia. Há também aqueles que veem nos cursos preparatórios um excelente aliado, sendo possível, na maioria dos casos, saber de antemão os dias nos quais cada um dos assuntos será ministrado. Além disso, costumam ser disponibilizados calendários online para que o aluno faça sua programação de estudos, conciliando com a sua agenda pessoal. Portanto, com essas ferramentas é possível programar as disciplinas que serão estudas e o tempo que será destinado aos estudos.

Estresse pré-concurso

Há pessoas que, quando próximo à véspera da prova, estudam freneticamente. O ideal é que nos dias que antecedem a realização da prova, a pessoa foque apenas em pontos-chaves do conteúdo e também use e abuse de revisões.

A respeito do nível de estresse elevado que ocorre nos dias que antecedem as provas, alguns cursos preparatórios procuram realizar palestras com o intuito de esclarecer e acalmar os candidatos que nelas estudam e, dessa forma, tentar dar maior tranquilidade ao candidato para a realização das provas.

Preparo com bastante antecedência

A procura por cursos preparatórios tem relação direta com o lançamento dos editais, assim, o número de pessoas que buscam por cursos tende a aumentar após os lançamentos dos concursos. Porém, a fim de atender toda clientela, as escolas normalmente mantêm cursos regulares, independentemente dos editais, para atender principalmente os alunos chamados de “concurseiros”, que são aqueles bastante focados e, que, estudam por 1, 2 ou até 3 anos até a abertura de um determinado concurso.

Vale dizer que esperar pelo lançamento do edital para iniciar os estudos é uma atitude que reduz bastante as chances de aprovação. A experiência mostra que a grande maioria que opta por esse caminho não tem sucesso. O recomendado é iniciar os estudos com antecedência, baseado em editais e provas anteriores.

O ideal para as pessoas que estão cursando ensino superior, é que já iniciem a preparação para o concurso desejado durante a própria graduação, para isso, é preciso buscar o máximo de informações sobre o cargo que deseja assumir no futuro, leia o artigo a seguir para descobrir o que faz um auditor fiscal da receita federal.

Alternativa para estudantes secundaristas

Professores de alunos do terceiro ano do nível médio relatam que há uma pressão muito grande por parte dos pais sobre os filhos, no sentido de que os mesmos sejam aprovados em exame vestibular imediatamente após a conclusão do ensino médio.

Uma alternativa é estes jovens também empenharem-se para passar em algum concurso público de nível médio. Isso faz todo sentido, se considerado que muitas pessoas fazem um investimento muito alto no período da graduação, esperando que logo ao seu fim possam dar um retorno também elevado. Infelizmente nem sempre isso é uma realidade. Já o investimento na preparação para concursos públicos é bem menor.

Como melhorar em 95% a concentração no estudo

Um dos grandes problemas enfrentados por aqueles que pretendem iniciar os estudos de forma sistematizada é a capacidade de concentração e o estabelecimento de um foco.

Há pessoas que naturalmente têm a necessidade de companhia para a realização de atividades simples, como, por exemplo, assistir à TV. Há ainda outras que mesmo para atividades como descansar, precisam de um tempo de preparação para esse momento, esvaziando o cérebro de preocupações ou ocupações anteriores.

Semelhantemente a um sistema computacional, no qual para que um determinado programa seja executado é preciso antes providenciar espaço na memória, esvaziando-a para o posterior carregamento de novas instruções e comandos desse novo programa, há essas pessoas que sentem a necessidade de desligarem-se de uma atividade anterior para só então aceitarem e focarem em uma próxima atividade.

No processo de estudos ou até mesmo quando da realização de uma prova, é importante que haja um momento de parada prévia para que ocorra a preparação do cérebro para a atividade que será desenvolvida. Essa preparação poderá ser feita, por exemplo, fechando-se os olhos, respirando de forma lenta e profunda por alguns segundos, relaxando e só então iniciando de fato a atividade.

Quando a pessoa estiver em um ambiente como o próprio lar, é possível fazer essa pausa preparatória ao som de uma boa e relaxante música. Essa parada para preparação da mente, sinaliza ao cérebro que será feita uma determinada atividade mais minuciosa e para a qual o seu desempenho será deveras requerido. Essa simples ação confere uma capacidade de concentração mais eficiente ao cérebro, cujo desempenho chega a ser de até 95% maior do que quando simplesmente se encerra uma atividade e inicia-se imediatamente outra, sem esse momento de preparação.

Visite o site a seguir para escolher o concurso público ideal para você!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*